Feira em Uberlândia mostra novidades para pessoas com deficiência

Feira em Uberlândia mostra novidades para pessoas com deficiência
Avalie este conteúdo

Novidades para pessoas com deficiência

Scanner traduz textos e áudio é oferecido para
cegos (Foto: Reprodução/Tv Integração)

Novidades tecnológicas destinadas à deficientes foram apresentadas em Uberlândia durante o primeiro “Encontro Regional da Pessoa com a Deficiência”. O evento, que terminou nesta sexta-feira (30), foi realizado no Center Convention e teve como destaque uma exposição de equipamentos para proporcionar mais acessibilidade.

Um dos aparelhos tecnológicos é um scanner de mesa falado, o qual pode auxiliar pessoas cegas. Segundo o paratleta Clayton Eurípedes Pacheco. “Se estou em casa e chega uma correspondência, por exemplo, eu coloco no equipamento e sai do conteúdo sem esperar uma pessoa chegar para ler para mim”, explicou. A máquina digitaliza o texto, envia para o computador que o transforma em áudio e assim um programa faz a leitura. A novidade agradou ao comerciante Bruno Begotto, que também é cego. “É um equipamento que traz autonomia e mais dignidade para a vida de uma pessoa que tem deficiência visual”, disse.

Outros produtos que também podem facilitar o dia a dia de pessoas com deficiências, como calculadora, relógio e balança falantes, telefone com bina falante e caneta identificadora de objetos, que também estão expostas no evento.

Um aparelho voltado para a comunicação de pessoas surdas faz a intermediação de conversas. O usuário compra o aparelho, adquire um plano e por meio dele vai poder se comunicar com qualquer pessoa pelo telefone. Segundo a representante da empresa Graciele Soares Azevedo, o cliente digita o número na tela e um intérprete vai ser o canal da comunicação. “A pessoa liga e por meio da empresa é aberta uma comunicação. Então o cliente explica com quem quer conversar e tudo é feito pelo intérprete”, orientou.

Para assistente social Maria Regina, a tecnologia é uma grande aliada no acesso a informação. “A informação para o deficiente visual tem sido mais acessível nos espaços culturais, já temos áudio-descrição, que traduz palavras e imagens. Em exposições temos maquetes e pranchas táteis”, lembrou.

Triciclo para cadeirante foi apresentado na feira
(Foto: Reprodução/Tv Integração)

A feira ainda mostra veículos adaptados, entre eles uma opção para os taxistas. Tem ainda uma cadeira de rodas, que é tratada como triciclo elétrico, a qual pode atingir até 20 km por hora. A feira apresenta tecnologias para proporcionar mais acessibilidade. Porém, para que isso ocorra e os produtos cheguem até quem precisa, é necessário investimento. Alguns itens têm um custo alto. O scanner, por exemplo, custa cerca de R$ 2,5 mil e o triciclo elétrico, em média R$ 6 mil.

“Nós temos buscado medidas para que estes produtos cheguem com mais facilidade às pessoas com deficiência”, disse a coordenadora Especial de Apoio e Assistência a Pessoa com Deficiência, Ana Lúcia de Oliveira. O evento contou ainda com palestras e debates sobre acessibilidade. “Nosso maior objetivo foi buscar as entidades, trazê-las para o espaço para que elas possam aperfeiçoar, principalmente por meio dos palestrantes”, finalizou o superintende da Pessoa com Deficiência, José Antônio Leandro.

Fonte: http://www.cbnfoz.com.br/

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Seja o primeiro a comentar Assunto: "Feira em Uberlândia mostra novidades para pessoas com deficiência"

Deixe um comentário

Translate »