Enfermeira doa R$ 2,7 milhões de herança a hospital onde trabalhou a vida toda

Enfermeira doa R$ 2,7 milhões de herança a hospital onde trabalhou a vida toda
Avalie este conteúdo

Maria Bologna tinha 95 anos e morreu no ano passado, quando o Hospital Maggiore, em Trieste, na Itália, descobriu que receberia o valor em dinheiro.

A enfermeira Maria Bologna deixou 600 mil euros (aproximadamente R$ 2,7 milhões) de herança para o hospital onde trabalhou durante toda a sua vida. A italiana não tinha parentes vivos e, em seu testamento, deixou registrado que queria doar todo o valor para o centro médico.

Bologna era viúva, viu o único filho ser vítima fatal de uma grave doença e morreu no ano passado, aos 95 anos. Pouco antes, decidiu que o melhor destino para a herança em dinheiro seria o Hospital Maggiore, na cidade de Trieste, na Itália, onde a enfermeira exerceu sua profissão por décadas.

Mais de seis meses após a morte da profissional da saúde, a associação do centro médico aceitou a doação e elaborou um plano para definir em que o dinheiro será aplicado. De acordo com a instituição, todo o valor será distribuído em um plano de três anos, entre 2018 e 2020, em manutenções e ações para o desenvolvimento do patrimônio.

Estão incluídas a construção de um vestiário com equipamentos, 450 armários e móveis na nova sede de transfusão e sangue e também para o centro único de administração antiblástica (um tipo de quimioterapia). Além disso, o refeitório e a entrada do hospital passarão por obras de modernização.

Fonte: IG

 

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »