Há 50 anos papai noel da vida real faz brinquedos de madeira para crianças em situação vulnerável

Compartilhe Boas Notícias

Há 50 anos que o veterano de guerra Jim Annis aproveita as férias do fim de ano para construir brinquedos para as famílias mais pobre da região de Sanford, cidade na região central do estado da Flórida.

Que as crianças não nos leiam, mas ainda que o Papai Noel como nos conta a mitologia, de roupa vermelha voando pelos céus em um trenó, não exista – e que a história do Natal seja bem mais antiga e complexa do que simplesmente o aniversário de Jesus – tal mito, na vida real, inspira o melhor do espírito natalino em um senhor de 80 anos que, nos EUA, faz o trabalho do bom velhinho justamente pra crianças que não receberiam presentes no dia 25 de dezembro.

Para doar os brinquedos de madeira que fabrica, ele aproveita a estrutura de doações do Exército da Salvação para também fazer as vezes de Papai Noel e oferecer seus brinquedos.

“Quando o Exército da Salvação doa comida e roupa para as pessoas nessa área, eu dou meus brinquedos”, diz Annis. Anualmente o veterano fabrica cerca de 300 brinquedos com as próprias mãos, em uma oficina em sua casa, utilizando madeiras doadas por vizinhos e outros voluntários – e pagando do próprio bolso o resto do material necessário.

O trabalho custa para o aposentado cerca de 1000 dólares por ano, para construir caminhões de bombeiros, carros, bonecos e animais de madeira. E a inspiração vem da sua própria história, para compreender a dificuldade de tantas famílias nessa época do ano: “Meu pai trabalhava, mas não fazia muito dinheiro.

Era difícil ter um grande natal com cinco filhos”, conta. “Eu amo quando as pessoas me perguntam quanto eu ganho para fazer esses brinquedos. Eu digo a eles que meu pagamento é o sorriso no rosto das crianças”, diz Annis, que não tem planos de parar. “Eu espero ser capaz de seguir fazendo isso até o fim da minha vida”.

Fonte: Hypeness

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »