• 3 de julho de 2022 04:38

Estudantes do Brasil vencem desafio da ONU ao propor soluções para crise de refugiados no mundo

jun 8, 2022
Compartilhe Boas Notícias

Mais de 40 mil estudantes universitários e secundários de 70 diferentes países participaram do último desafio National Model United Nations. Organizada pela Acnur, a Agência da ONU para Refugiados, a competição convidou os alunos a serem “membros fictícios” da organização e pensarem maneiras de melhorar a vida dos milhões de refugiados que existem hoje em todo o mundo a partir de iniciativas de Comunicação.

Por meio de um júri composto por refugiados e colaboradores do Acnur, o desafio concedeu oito prêmios e menções honrosas aos melhores projetos apresentados pelos estudantes. Entre eles, estão três iniciativas pensadas por jovens brasileiros.

Uma delas, o projeto PelotasMUN, foi desenvolvida por estudantes de Relações Internacionais da Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, e defendeu a importância de criar comunidades anfitriãs para acolher e dialogar com refugiados quando chegam em seus destinos finais.

Já a iniciativa G20+6 MUN, fundada pelo brasileiro Matheus Marques, estudante de Direito na Universidade de Minas Gerais, propôs a construção de Unidades de Saúde nas fronteiras de países em conflito que sejam dedicadas a divulgar informações sobre o novo Coronavírus na primeira língua dos refugiados. Liderado por Marques, o grupo reuniu 60 estudantes de 25 diferentes nacionalidades.

E, por fim, a terceira iniciativa brasileira premiada no desafio foi a FAMUN FACAMP, criada por estudantes de Relações Internacionais de faculdades de Campinas, que produziu uma série de entrevistas com refugiados que vivem atualmente na cidade do interior de São Paulo.

As oito iniciativas de Comunicação premiadas pelo desafio foram apresentadas no evento Diálogos de Proteção do Alto Comissário, um fórum da ONU que reúne decisores de temas globais sobre a proteção de refugiados.

Com informações de ONU News

Fonte

 456 Total Visualizações,  2 Visualizações Hoje