Filha de diarista de 9 anos é classificada para Bolshoi e família arrecada dinheiro para viagem

Uma soteropolitaninha de apenas nove anos. A jovem Lígia Pires mora no bairro do Engenho Velho da Federação, em Salvador. A bailarina passou em seletiva do Bolshoi e agora a família está em busca de ajuda para bancar os custos da viagem.

O próximo passo é a seletiva nacional, que acontece em outubro, em Santa Catarina. Os parentes de Lígia criaram um fundo na internet para conseguir o valor necessário. O evento acontece em Joinville e qualquer um pode contribuir.

Voa, Lígia!

Desde a divulgação da história dessa jovem  negra de menos de 10 anos, as pessoas se mobilizaram para tornar o sonho realidade. A vaquinha online arrecadou mais de R$ 12 mil reais. A meta era conseguir 3 mil para cobrir os custos de hospedagem e alimentação no Sul do país. 

Isso pois, entrar num avião se tornou, novamente, coisa de rico. As passagens de Salvador para Santa Catarina custaram R$ 1.335 e foram adquiridas com o cartão de crédito de uma patroa de Daniela. 

A dança está no sangue, mas o sucesso aconteceu com o incentivo da família. Desde então, ela ostenta a primeira medalha na casa onde mora com a mãe, a diarista Daniela Pires. 

“Quando eu conquistei a vaga, eu fiquei azoada, vi minha mãe chorando, meus professores chorando, eu fiquei: ‘O que eu fiz?, o que aconteceu comigo?’, porque foi uma emoção para mim. Ter passado em uma escola muito conhecida e muito boa, eu fiquei emocionada”, disse Liginha.

As seletivas do Bolshoi acontecem entre os dias 18 e 20 de outubro. Vamos ajudar?

Fonte: Hypeness

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »