• 3 de dezembro de 2021 01:03

Governo abre licitação para compra de 331,2 milhões de seringas e agulhas; previsões de entrega vão até 31 de dezembro de 2021

dez 28, 2020

O Ministério da Saúde publicou, no Diário Oficial da União no dia 16 de dezembro, uma licitação de compra de 331,2 milhões de seringas e agulhas para o Programa Nacional de Imunização (PNI) do ano que vem. Os prazos máximos de entrega do material, em várias remessas, vão de 31 de janeiro a 31 de dezembro de 2021.

A tomada de preços com empresas interessadas, brasileiras ou estrangeiras, será no dia 29 de dezembro. Ao todo, a previsão é de chegada de 331.201.012 de agulhas e seringas ao longo do ano que vem.

Veja as previsões de entrega das unidades:

Previsão de entrega de seringas e agulhas para o Programa Nacional de Imunização em 2021

UNIDADES por remessa (em milhões) PRAZO MÁXIMO TOTAL (em milhões)
25 31/01 25
35 28/02 35
36 31/03 96
40,2 30/04 136,2
30 31/05 166,2
30 30/06 196,2
30 31/07 226,2
20 31/08 246,2
30 30/09 276,2
30 31/10 306,2
25 31/12 331,2

A negociação já havia sido informada ao G1 na segunda-feira da semana passada. Na data, o superintendente da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (Abimo), Paulo Henrique Fraccaro, disse que, embora a demanda atual por seringas seja atendida pela indústria nacional, o país normalmente precisa importar 400 milhões de unidades da China e da Índia.

A associação disse, por meio de sua assessoria, que não podia comentar o edital publicado nesta quarta (16), pois ainda não tinha tido acesso a ele.

Vacinação contra Covid-19

Também nesta quarta, o governo federal incluiu novos grupos prioritários no plano de vacinação contra a Covid-19.

A meta do Ministério da Saúde é vacinar 49,6 milhões de pessoas dessas populações, com 104 milhões de doses da vacina da Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca. O número considera uma perda de 5% das doses e que cada pessoa precisa de duas doses do imunizante.

Considerando as outras vacinas candidatas, o governo prevê a disponibilização de cerca de 350 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 até o fim do ano que vem (veja tabela mais abaixo).

O plano ainda não apresenta, entretanto, uma data específica (veja o que ele diz) para o início da vacinação.

Vacinas previstas contra a Covid-19 no Brasil

VACINA (Laboratório) DOSES (em milhões) PRAZO TIPO DE ACORDO DOSES/PESSOA
Oxford/AstraZeneca 100, 4 julho/2021 Compra 2
Oxford/AstraZeneca Cerca de 110 agosto a dezembro/2021 Produção nacional (Fiocruz) 2
Pfizer/BioNTech 8,5 até junho/2021 (2 milhões para o primeiro trimestre) Memorando de entendimento (intenção de acordo) 2
Pfizer/BioNTech 61,5 segundo semestre/2021 (32 milhões no terceiro trimestre e 29,5 milhões no segundo trimestre) Memorando de entendimento (intenção de acordo) 2
Johnson 3 segundo trimestre/2021 Memorando de entendimento (intenção de acordo) 1
Johnson 8 terceiro trimestre/2021 Memorando de entendimento (intenção de acordo) 1
Johnson 27 quarto trimestre/2021 Memorando de entendimento (intenção de acordo) 1
Vários laboratórios 42,5 Em negociação Covax Facility n/a

Fonte: https://g1.globo.com/bemestar/vacina/noticia/2020/12/16/governo-abre-licitacao-para-compra-de-3312-milhoes-de-seringas-e-agulhas-previsoes-de-entrega-vao-ate-31-de-dezembro-de-2021.ghtml

Se curte nosso conteúdo, considere nos ajudar a manter o nosso trabalho diário no ar e continuar levando boas notícias a todos, através do https://mla.bs/d8cdcb20 😊

#jornaldeboasnoticias #boasnoticias #noticiaboa #goodnews #boasacoes #esperança #bonsexemplos #fazerobem #boanoticia #noticiapositiva