Amor sem idade: Idosos se apaixonam aos 89 anos e se casam em casa de repouso

Quando menos se espera, ele chega e muda a vida, vira tudo de cabeça para baixo.

Não há regras nem tempo determinado para isso. O destino é o senhor da razão e é ele que determina quando e como é para acontecer. Uma história de amor, fé e esperança, foi contada pelo portal Farrapo, de Caçapava do Sul, na semana passada.

Natural de Bagé e ex-moradora de Lavras do Sul, Almerinda Soares Pereira, de 89 anos, e Marcelino José de Brito, de 78, natural de São Francisco de Paula, ambos moradores na Associação Caçapavana de Amparo ao Idoso (Ascai) falaram ao portal sobre o noivado, ocorrido no início do mês e o casamento realizado no sábado, dia 20. Inclusive, Almerinda teve vestido de noiva; Brito, terno e gravata.

De acordo com o Farrapo, eles deram uma lição de amor, literalmente, em pleno Sábado Santo, mostrando que nunca é tarde para encontrar o amor e recomeçar. O asilo, situado em Caçapava do Sul, fundado há 30 anos, celebrou o primeiro casamento de dois moradores. Almerinda, que nasceu em Bagé, em 12 de julho de 1930, se mudou para Lavras do Sul ainda criança, casou, não teve filhos e ficou viúva. Ela mora há seis anos na Associação Caçapavana de Amparo ao Idoso (Ascai). “Ele tocava eu dançava com ele. E já fiquei gostando. Ele é um doce, mimoso, lindo (…). Eu disse ‘tu vai ser meu ainda’”, falou dona Almerinda à reportagem do portal Farrapo.

“Eu tava tocando lá em cima (na ala masculina do asilo), quando passava ela me cuidava com o ‘zóio’. Essa moça tá querendo me namora pelo jeito”, disse Marcelino, que chegou ao asilo em novembro de 2018, arrancado sorrisos da noiva, ouvindo atenta ele contar como se conheceram.
A técnica de enfermagem Marilei Studier Silveira é considerada a “fada-madrinha” dessa história de amor e disse que já viu vários namorinhos na Ascai, mas com pedido de noivado e casamento é a primeira vez. “Tivemos vários casaizinhos, mas eles são muito parceiros. Foi tudo rápido demais.

Em poucos dias eles estavam de mão dadas, sempre juntos. Ela tem dificuldades visuais, mas ele a ajuda por todo o asilo, até puxa a cadeira para ela sentar-se, à moda antiga. Quando percebi, perguntei a ela se estavam namorando. Ela disse que foi pedida em namoro. Então, avisei a família, que também se encantou com o casal. Quando vimos, eles estavam noivos, de aliança e tudo”, enfatizou Marilei.

A família do noivo, que se casou pela primeira vez, ajudou os funcionários da instituição a cuidar dos detalhes do casamento. “Ela entrou de vestido, maquiagem, cabelo e unhas feitos, todas de parceiros do asilo. Ele também veio de terno e gravata. A decoração foi cedida e teve bolo e lanchinhos (de mercado parceiro). Eles receberam a benção do padre Antônio, sob os olhares dos moradores da Ascai, todos convidados para a cerimônia, seguida de baile festivo”, disse Maribel de Brito, sobrinha de Marcelino.

Cerca de 100 convidados, entre os mais de 40 moradores da Ascai, funcionários, familiares do noivo, amigos e imprensa participaram da cerimônia. Além de representantes da Prefeitura de Caçapava do Sul, como os secretários João Timótheo Machado (sobrinho do noivo), Zoé Silveira (Assistência Social) e William Brasil (coordenador de Comunicação, representando o gabinete). Foi um dia de histórias na Ascai, e não de relatos de famílias e amores passados, mas de memórias do amor presente, independente da idade e do tempo. Após a noiva dizer o “sim”, trocar alianças, atirar o buquê, o casal, que ganhou muitos presentes para o novo espaço, um quarto só deles no asilo, recebeu os convidados para um chá da tarde.

“Nosso agradecimento à floricultura Parisiense, a Rôsabel Pereira Teixeira Decorações, à Enlaces (Roupas de Festas) ao Studio Luíza Lopes (que produziu a noiva), ao mercado parceiro (que doou bolo e lanches para a festa), à família do noivo, às nossas funcionárias e demais amigos que abraçaram esse sonho conosco”, postou a equipe da Ascai Caçapava Do Sul, nas redes sociais.

Fonte: Folha do Sul

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »